Segundo a Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), a presença portuguesa na theMICAM traduz a prioridade atribuída à promoção comercial externa do setor, que atualmente exporta mais de 95% da produção.

“A presença na maior e mais prestigiada feira de calçado do mundo será, mais uma vez, de extrema importância. No total, mais de 1.600 expositores de cerca de 50 países e mais de 40.000 visitantes marcarão presença na feira de Milão, sendo Portugal, novamente, a segunda maior representação estrangeira no certame, apenas ultrapassada pela Espanha”, sublinha.

A participação na theMICAM faz parte da estratégia promocional definida pela APICCAPS e pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), com o apoio do programa Compete 2020, e propõe-se “consolidar a posição relativa do calçado português nos mercados externos”.

Neste contexto, salienta a APICCAPS, desde janeiro que cerca de 200 empresas do setor do calçado estão a participar num “ambicioso programa promocional” de abrangência internacional que prevê a participação “em 60 dos mais prestigiados fóruns internacionais” daquela indústria.

O mês de fevereiro destaca-se pela “intensa atividade” a este nível, com as empresas portuguesas a marcarem presença em certames em Bogotá, Dusseldorf, Las Vegas, Paris e Milão. No total, ao longo de cerca de 20 dias, o setor do calçado irá participar em 10 mostras profissionais no estrangeiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.