Segundo a página da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na Bloomberg, a dez anos foram colocados 1.250 milhões de euros em Obrigações do Tesouro à taxa de juro de 1,939%, inferior à taxa do anterior leilão comparável, de 2,327%, em 11 de outubro.

A procura atingiu 1.962 milhões de euros para os OT a dez anos, 1,57 vezes superior ao montante colocado.

O IGCP tinha anunciado a realização de um leilão de Obrigações do Tesouro com maturidade em abril de 2027 (nove anos e meio) num montante indicativo entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

Há cerca de um mês, em 11 de outubro, Portugal colocou 750 milhões de euros em OT com maturidade também em 14 de abril de 2027 (10 anos) a uma taxa de juro de 2,327%, inferior à taxa do anterior leilão comparável (de 2,785% em 15 de setembro), e a procura atingiu 1.467 milhões de euros, 1,96 vezes o montante colocado.

Entretanto, os juros da dívida de Portugal têm estado a descer desde a semana passada para mínimos desde o início de maio de 2015, tendo terminado na terça-feira em níveis abaixo dos 2% pela primeira vez nos últimos dois anos e meio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.