A companhia com sede em Munique e que aprovou recentemente uma nova estrutura empresarial informou hoje que a faturação atingiu os 60.437 milhões de euros entre outubro de 2017 e junho de 2018.

A entrada de novos negócios melhorou os resultados dos três trimestres em 09% (67.596 milhões de euros).

Mesmo assim, no terceiro trimestre “ganhou menos 18,5%” (1.106 milhões de euros) devido a impostos mais elevados.

De acordo com a informação divulgada pela empresa, o lucro da Fábrica Digital e outras divisões da empresa compensaram a “forte queda” registada no departamento de Eletricidade e Gás.

A cotação do euro produziu um efeito negativo na faturação, que baixou no terceiro trimestre, e na entrada de contratos.

Por outro lado, a Siemens Gamesa reduziu nos últimos três trimestres (outubro de 2017-junho de 2018) o lucro operativo líquido (Ebit) em 131 milhões de euros (menos 56,2%) devido à pressão sobre os preços em contratos anteriores relacionados com turbinas eólicas.

A Siemens Gamesa destaca que o contrato de 1.300 milhões de euros pela construção de um parque eólico offshore ao largo do Reino Unido.

A Siemens prevê um “modesto crescimento” no volume de negócios, mas anunciou que vai simplificar a estrutura para melhorar a eficiência concentrando-se, a partir do próximo dia 01 de outubro, em três áreas operativas: Gás e Eletricidade; Infraestruturas Inteligentes e Indústrias Digitais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.