"Por causa da seca, a estimativa de pessoas em insegurança alimentar [em Moçambique] está perto de dois milhões, depois de no ano passado ter sido de 375 mil", disse à Lusa o economista Jonathan Pound, da Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO), em Roma.

Moçambique está entre os países mais afetados pela seca provocada pelo fenómeno El Niño, que até agora deixou mais de 40 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar na África Austral.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.