Em relação à equipa que venceu o dérbi com o Sporting, o treinador Nélson Veríssimo fez sair Tomás Tavares e entrar Nuno Tavares, que falhou o encontro devido a lesão, mantendo os restantes 10 jogadores.

Por seu lado, Sérgio Conceição procedeu a duas alterações em relação à formação que perdeu por 2-1 em Braga, no fecho da I Liga portuguesa de futebol, num 'onze' no qual se mantiveram Uribe e Luis Díaz, ambos recuperados de lesões.

As novidades são os regressos de Mbemba e Marega, que tinham falhado o jogo na 'pedreira' devido a lesão e castigo, respetivamente. Saem Diogo Leite e Soares, ambos relegados para o banco dos suplentes.

Além destes dois jogadores, são também suplentes nos 'azuis e brancos' Marchesín, Loum, Romário Baró, Sérgio Oliveira, João Mário, Vítor Ferreira e Aboubakar.

No lado dos 'encarnados', ficam no banco Svilar, Tomás Tavares, Ferro, Florentino, Taarabt, Rafa, Jota, Dyego Sousa e Vinícius, o melhor marcador da edição 2019/20 da I Liga.

Os treinadores vão poder fazer, cada qual, seis substituições, as cinco permitidas na 'era' covid-19 e uma suplementar no prolongamento, sendo que, não esgotando as do tempo regulamentar, elas transitam para o tempo extra.

O Benfica e o FC Porto defrontam-se hoje na 80.ª final da Taça de Portugal em futebol, no Estádio Cidade de Coimbra, a partir das 20:45, à porta fechada, devido à pandemia de covid-19, com arbitragem do portuense Artur Soares Dias.

PFO // NFO

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.