O diretor do gabinete de comunicação institucional do Ministério do Interior, Simão Milagres, considerou hoje que a Polícia Nacional de Angola tem responsabilidades acrescidas a nível do processo eleitoral, na garantia da estabilidade e segurança dos cidadãos.

"Esta ação é uma daquelas que se enquadra no processo de preparação para uma ação eficaz no antes, durante e depois do processo eleitoral. Ou seja, nós, a nível do Ministério do Interior, temos como prioridade este ano a formação contínua dos nossos quadros", explicou Simão Milagres.

Angola deverá realizar eleições gerais (presidenciais e legislativas) em agosto deste ano.

De acordo com o responsável, que falava à margem do seminário metodológico para os diretores provinciais e chefes de departamentos de comunicação institucional e imprensa dos comandos provinciais e dos órgãos centrais da Polícia Nacional, o objetivo para este ano, ao nível do ministério, passa por "colocar a informação em primeiro plano junto da população".

"No fundo é tentar harmonizar a comunicação que é estabelecida ao nível do Ministério do Interior e da Polícia Nacional, como um órgão que tem muitas responsabilidades a nível desse processo e não só, também a nível da garantia de segurança e estabilidade das comunidades", sublinhou o responsável.

Milagres admitiu que, embora já tenham sido adquiridos alguns equipamentos, existe uma "escassez de material tecnológico" para uma maior eficácia da comunicação produzida pelos distintos órgãos do Ministério do Interior.

"E se nós quisermos cumprir efetivamente com aquele lema do policiamento de proximidade nós temos que aumentar os níveis de proximidade com a população, comunicando os acontecimentos, mostrando e esclarecendo quando acontecem situações menos boas nas comunidades", sublinhou.

Comunicação Institucional em tempo eleitoral, comunicação de crise e princípios fundamentais do jornalismo são alguns dos temas que dão corpo ao seminário que arrancou hoje em Luanda e que se estende até quinta-feira.

DYAS // FPA

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.