Para mim, este dia não é apenas uma celebração; é um lembrete urgente da  necessidade de protegermos não apenas os nossos dados pessoais, mas também as  gerações futuras que estão cada vez mais imersas na internet desde tenra idade.  Num mundo onde as crianças aprendem a fazer scroll com o dedo indicador num  dispositivo móvel antes mesmo de caminhar, a segurança online torna-se uma prioridade  crucial. 

Neste artigo, exploro 7 estratégias essenciais para promover uma internet mais  segura, algo crucial nos dias de hoje onde as burlas online estão cada vez mais  sofisticadas e aperfeiçoadas com a ajuda da Inteligência Artificial: 

  1. Atualizações Constantes: mantenha o software, sistemas operativos e  programas sempre atualizados. As atualizações não servem apenas para corrigir  pequenos bugs, mas muitas vezes visam fechar brechas de segurança que os  cibercriminosos podem explorar; 
  2. Palavras-Chave Fortes e Únicas: adote o hábito de criar passwords robustas e  distintas para cada conta online, quer seja caixa de correio eletrónica ou uma rede  social. Já sabe que deve evitar senhas óbvias, como datas de nascimento ou  sequências simples. Prefira sempre pela combinação de letras, números e  caracteres especiais; 
  3. Mantenha o Antivírus e a Firewall atualizados: embora ambos os programas tenham o mesmo objetivo, o de manter o computador em segurança, enquanto o antivírus se concentra nos programas e arquivos, a firewall analisa todas as  trocas de informação entre o computador e a rede, sendo assim essencial ter o  auxílio dos dois para obter o máximo de segurança possível à sua navegação; 
  4. Consciencialização Digital: eduque-se e promova a consciencialização digital.  Esteja atento a esquemas de phishing e smishing, e-mails fraudulentos e websites  suspeitos. Um conselho: desenvolva uma mentalidade crítica ao navegar online  para evitar cair em armadilhas virtuais; 
  5. Backup regular: faça backups regulares dos seus dados mais importantes. Em  caso de um ataque cibernético ou perda de informação, ter cópias de segurança  é crucial para uma recuperação rápida e eficaz;
  6. Opte pela verificação de duas etapas: apenas tem de associar o seu número de telefone ou e-mail alternativo a essa conta, sendo que depois será contactado cada vez que alguém tenta fazer login numa das suas contas através de um dispositivo novo. Se seguir esta dica será sempre informado se a sua conta estiver  a ser hackeada; 
  7. Privilegie o pagamento com cartões que tenham mecanismos de segurança acrescidos: quando precisar de fazer uma compra online, opte por efetuar o pagamento com métodos que lhe garantam alguma proteção. Existem várias  opções, desde a criação de um cartão virtual destinado apenas aquela compra,  utilizar um cartão com limite de crédito ou ainda usufruir do serviço gratuito 3D  Secure. 

Gostaria ainda de terminar com uma regra que deve ter o máximo de atenção: tenha  sempre cuidado onde clica e muita cautela com os downloads. Evite ao máximo  links suspeitos e anexos de e-mails desconhecidos. Verifique sempre a legitimidade da  fonte antes de fazer qualquer tipo de transferência. 

A verdade é que se torna imperativo abraçarmos estas estratégias como hábitos  intrínsecos ao nosso comportamento online. Para além disso, devemos incentivar a  adoção de práticas seguras por toda a família, criando uma consciência coletiva sobre  os riscos e as medidas de proteção na internet. 

Navegar online é como caminhar na Amazónia: deslumbrante, mas com armadilhas a  cada passo. Por isso, estarmos conscientes e em alerta não é apenas uma escolha sábia,  mas uma responsabilidade coletiva para criar um ciberespaço mais seguro e protegido  para todos nós. A segurança online é um compromisso contínuo que, quando adotado  por cada um, fortalece a integridade da vasta rede digital que todos partilhamos. 

Consciencialização, educação e ação conjunta são os pilares para construir uma  internet mais segura, onde as oportunidades florescem e os perigos são minimizados. 

Vamos surfar na internet?

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.