No fundo, como diz o nome, é um isco para clicar. Desperta-se a curiosidade do internauta (que termo tão ridículo) com um afirmação dúbia ou uma pergunta e nós, curiosos e burros que somos, vamos logo clicar e a página ganha views e dinheiro em publicidade. Eu optei por uma mentira completa. Mas não sendo jornalista de um órgão de comunicação social, nem sequer “jornalista” do Correio da Manhã, eu posso.

Bem, se calhar podemos então falar um bocadinho da histeria com o facto de a Madonna estar cá? Vamos a isso. Sabem quem é que também está cá? Sírios que também trazem uma data de putos de tez escura. Claro que percebo perfeitamente que ela seja bem-vinda porque é rica e famosa, e todos queremos saber absolutamente tudo o que ela anda a fazer. E claro que tem de ser recebida com toda a pompa e circunstância porque, coitada, está cansada da vida louca dos EUA e, mesmo a assim, não a vemos aí a queixar-se. Já os sírios, enfim, é o que se vê. Só porque fogem de uma guerrazita de somenos importância acham que podem vir para aqui tirar trabalho aos portugueses e impôr a cultura deles.

Lamento imenso, mas imigrantes em Portugal sim, se vierem de Hollywood. Se vierem de países pobres, não obrigado, que para pobres #primeiroosnossos, coitadinhos, de quem, por acaso, só nos lembramos quando se fala de imigração. Se é para recebermos imigrantes que fazem notícias por tudo e por nada, para andarmos aí todos excitadões a tentar saber tudo sobre eles, que sejam bem ricos e famosos, se fazem favor.

De resto, sugiro já uma avenida Madonna, um hospital Madonna, uma escola Madonna, um estádio Madonna e, quem sabe, uma casa de alterne Madonna, onde passem em loop “Like a Virgin” só pela piada.

Sugestões mais ou menos culturais que, no caso de não valerem a pena, vos permitem vir insultar-me e cobrar-me uma jola:

- Madonna: Aproveitem o fim-de-semana para ler todas as notícias que já saíram sobre a Madonna em Portugal. Valem muito a pena.

- Taça de Portugal: Não sou do Benfica nem do Guimarães, mas sou sempre a favor de qualquer convívio que envolva churrasco, entremeada e bubadeira entre amigos e rivais. Mas não se briguem, sff.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.