1 milhão de nomes de domínios registados em .pt.  A www.meckos.pt, empresa de máquinas industriais têxteis, com sede em Fafe, é a responsável por este feito ao atingir a marca história, anuncia a Associação DNS.PT.

No ano em que se comemora o 30 aniversário do .pt e depois de atingir este marco há a “expetativa de continuar a apresentar números de crescimento pelo quinto ano consecutivo” afirma Luísa Gueifão, Presidente do Conselho Diretivo da Associação DNS.PT.

Recorde-se que em 2013 existiam pouco mais de 600 mil domínios .pt.

2017 foi um dos melhores anos de sempre, com um crescimento de 100,891 mil registos, face ao ano anterior. Em 2018, até à data, foram registados “mais de 23 mil domínios”. No mês de janeiro, por exemplo, contabiliza “10.693 novos domínios”, o que se traduz num crescimento de 30% se comparado com período homólogo, anuncia ainda em comunicado a associação criada em 2013 (sucedendo à Fundação para a Computação Científica Nacional nos direitos e obrigações), responsável pela gestão, operação e manutenção do registo do domínio de topo correspondente a Portugal, o .pt.

O distrito de Lisboa lidera a lista com 308.146 registos. Segue-se Porto (149.365) e Braga (64.211). Portalegre ocupa o último lugar com 5.316. sendo acompanhados no fundo da tabela por Bragança (5.996) e Guarda (6.477).

Com a delegação internacional efetuada em 1988, o primeiro nome de domínio registado foi dns.pt. De acordo com dados de 2017, o .pt é um dos três domínios de topo (ccTLDs) que mais cresce a nível europeu. Cresceu no ano transato 11,9%, uma percentagem abaixo da líder .al (Albânia), que cresceu 12,6% mas acima do domínio finlandês (.fi), que registou um aumento de 7,9%.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.