A menos de dois meses da Web Summit, o Hub Criativo do Beato, em Lisboa, foi o palco escolhido para todo um ‘Pitch Day’, dia em que cada ‘startup’ (empresa em início de atividade) fará uma apresentação breve da sua empresa e em que as 66 que mais se destacarem pelo seu potencial inovador passam a ter acesso direto à edição de 2016 daquele que é considerado um dos principais eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e à possibilidade de interação com o ecossistema empreendedor a nível global.

Lançado pela Startup Portugal (estratégia do Governo para o empreendedorismo) em parceria com a Web Summit, o concurso chega agora à sua fase final, depois de ter contado com 237 inscrições, das quais 170 ‘startups’ aprovadas para o ‘pitch’, segundo disse o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, à Lusa, na terça-feira.

“Este é o arranque de um caminho até à Web Summit, que vamos ter cá em novembro e durante três anos. Amanhã [hoje] vão ser selecionadas as empresas que têm a enorme responsabilidade de representar Portugal na Web Summit e é com essas empresas que vamos estar a discutir, a ouvir, a aprovar e a premiar”, disse Caldeira Cabral.

Entre ‘startups’, incubadoras de empresas, ‘fablabs’ e investidores, o dia seguirá preenchido com diversos momentos, um deles a oportunidade para ouvir o presidente da Web Summit, Paddy Cosgrave, o ‘chief operating officer’ (responsável pelas operações) da incubadora de Silicon Valley (São Francisco) Y Combinator, Qasar Younis, e o presidente executivo e fundador da portuguesa Hole 19 (aplicação móvel de golfe), Anthony Douglas.

Mas existirão ainda ‘workshops’, ‘office hours’ (horas de escritório) e sessões de ‘mentoring’ (mentoria) que visam dotar as ‘startups’ de ‘coaching’ (formação intensiva), de forma a beneficiarem da melhor preparação para uma representação na Web Summit.

Haverá ainda um “Espaço Ecossistema”, onde as ‘startups’ e incubadoras foram convidadas a expor o seu projeto e que conta assim com mais de 100 projetos em exibição.

O anúncio das vencedoras vai ser feito hoje à tarde durante um evento que conta com a presença do primeiro-ministro português, António Costa, do seu ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia que decorrerá este ano em Lisboa (e nos dois anos seguintes, com possibilidade de mais dois anos), onde são aguardados mais de 50.000 participantes, de mais de 150 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos, 700 investidores e 2.000 jornalistas internacionais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.