De acordo com a organização do evento, que teve a sua segunda edição no ano passado, e deverá regressar em 2021, optou-se por criar uma programação de acesso virtual para refletir sobre o estado de paralisia mundial, devido à pandemia da covid-19.

A partir de dia 20 de abril, a bienal vai apresentar diariamente várias atividades, nomeadamente criações de artistas, 'performances' ao vivo, conversas 'online' com convidados de diversas áreas - para falar sobre o corpo, sustentabilidade, pensamento e imaginação - e fazer um convite a jovens entre os 16 e os 21 anos para pensarem em criações a partir desta programação.

Estão previstas conversas e criações de Ailton Krenak, Albano Jerónimo, Ana Gomes, Anabela Mota Ribeiro, André Lepecki, Alexandra Pirici, Cao Fei, Cecilia Bengolea, Constança Entrudo, Dora Garcia, Gerard & Kelly, Os Espacialistas, Pedro Barateiro, Sara Barros Leitão, Salomé Lamas, Tania Bruguera, Tânia Carvalho, entre outros nomes a anunciar.

A bienal vai ainda levar a cabo uma angariação de fundos internacional com o objectivo de apoiar financeiramente artistas, técnicos e produtores culturais de qualquer território artístico, com idade até 35 anos, em situações de comprovada precariedade.

Com uma programação diária, anunciada semanalmente, a BoCA Online irá decorrer, entre o antes e o depois, nos canais oficiais online: Instagram, Facebook, YouTube.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.