Os portugueses Kumpania Algazarra, os franceses Les Traine Savates e os espanhóis El Puntillo Canalla Brass Band são alguns dos destaques do cartaz desta segunda edição do Brass iT, um festival em que as ruas de Minde são o palco para bandas de brass. No entanto, o festival intenerante vai passar por Alcanena, Leiria, Porto de Mós, Serra de Santo António, Monsanto e Bugalhos.

“Não há nenhum festival que se possa considerar de rua, itinerante, como o Brass iT. Aqui o palco faz-se onde as pessoas quiserem que ele seja. Queremos trazer a proximidade entre o público e as bandas”, explica Duarte Fonseca, da Associação Improviso Divergente, que organiza o festival, no comunicado enviado para as redações.

Nesta segunda edição, destaque para a presença de bandas internacionais, sem porém deixar de dar palco ao que de melhor se ouve em solo nacional.

“Queremos trazer bandas internacionais, mas também mostrar o que de melhor se faz em Portugal”, refere Duarte. Em destaque na programação estão ainda os KhaganiçOrchestra, Farratuga e DJ El Gadzé. “Consideramos importante dar palco a bandas que estão a iniciar, como a Babosa Band, que está agora a dar os primeiros passos”, reforça.

A primeira edição do Brass iT reuniu 4 mil pessoas e, agora, a organização procurou expandir o leque de atividades. Assim, para além dos concertos, há uma série de atividades paralelas, como yoga para pais e filhos, um concerto didático para bebés e crianças e ainda workshops de cozinha e fotografia. O programa está pensado para que as famílias possam viver o festival em conjunto. A entrada é gratuita.

créditos: Paulo Rascão | MadreMedia

O Brass iT é organizado pela Associação Improviso Divergente com o apoio do Município de Alcanena e da Fundação Inatel e acontece no âmbito de uma parceria com os Municípios de Leiria, Porto de Mós e das juntas de Freguesia de Minde, Serra de Santo António, Monsanto e Bugalhos.

Segundo a organização, o festival procura ainda ter um caráter de integração com o território onde se insere, assim, o primeiro dia inicia-se com uma performance didática na Escola de Ensino Básico de Alcanena pelos Farratuga, onde as crianças terão a oportunidade de conhecer os vários instrumentos utilizados e o papel de cada um deles. Há também vários projetos regionais envolvidos no festival, como são o caso da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Minde, da Orquestra conjunta do Conservatório de Música Jaime Chavinha (CAORG) e, da Escola de Música e Artes de Ourém (OUREARTE), da Orquestra do Conservatório Canto Firme de Tomar e da Banda Filarmónica da Sociedade Musical Mindense.

PROGRAMA DO BRASS IT

20 SET | 6.ª feira |  Palco Fábrica de Cultura

18h00 - Workshop de Cozinha

18h30 - Início Workshop de Fotografia (a decorrer durante todo o festival)

21h30 - Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Minde

22h00 - Orquestra do Conservatório de Música Jaime Chavinha (CAORG) + Escola de Música e Artes de Ourém (OUREARTE)

23h00

  • El Puntillo Canalla Brass Band [ES]
  • Les Traine-Savates [FR]
  • Farratuga [PT]
  • DJ El Gadzé

21 SET | Sábado | Palco Inatel (Largo Coreto)

10h30 - Sessão Yoga para Pais & Filhos

15h00 - Concerto didático para bebés e crianças

16h00 - Performance de dança pelos alunos CAORG

16h30 - Orquestra do Conservatório Canto Firme de Tomar

17h30

  • Babosa Brass Band [PT]
  • KhaganiçOrchestra [PT]
  • El Puntillo Canalla Brass Band [ES]
  • Les Traine Savates [FR]
  • Kumpania Algazarra [PT]
  • DJ El Gadzé

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.