Ouve aqui o episódio do Acho Que Vais Gostar Disto dedicado a Conversations With Friends (mas não só...):

Com a quantidade de séries que somos bombardeados hoje em dia, cada um de nós arranja o seu próprio mecanismo de escolha para preferir uma determinada coisa a outra. Umas pessoas vão lá por ter um ator ou atriz de que gostam. Outros vão porque é um trabalho realizado por um realizador, produtor ou argumentista do qual gostam muito. E depois ainda há outro critério (se excluirmos os algoritmos a escolher por nós), que é o facto de a série se basear num livro ou numa peça da qual gostámos muito e, por isso, o entusiasmo de vermos essas histórias num ecrã perto de nós é suficiente clicarmos num play.

A série que é o tema principal do episódio desta semana do Acho Que Vais Gostar Disto acabou por ser escolhida com base em dois dos critérios mencionados. “Conversations With Friends” estreou esta semana na HBO Max e é uma história baseada no primeiro livro de Sally Rooney, a escritora irlandesa que atingiu a fama não com esta obra, mas com a que lhe seguiu: um pequeno livro chamado “Normal People”. A obra foi traduzida para mais de 40 línguas e, em 2020, tornou-se um dos hits em plena pandemia, ao ser adaptada a série pela Hulu e pela BBC.

“Conversations with Friends” tenta pegar no melhor de “Normal People” (até por ter os mesmos produtores) para contar uma história diferente, em que duas jovens de 21 anos - Frances e Bobbi - melhores amigas, ex-amantes e acabadinhas de sair da universidade vêem-se envolvidas na vida conjugal de um casal mais velho - Nick e Melissa -, criando uma espécie de ménage à quatre que não vai ser fácil de gerir.

No episódio também aproveitámos para falar de “The Time Traveler’s Wife” que também estreou na HBO Max (com Theo James de “Divergente” e Rose Leslie de “Game Of Thrones), de “The Essex Serpent” da Apple TV+ (com Claire Danes de “Homeland” e Tom Hiddlestone aka “Loki”) e ainda dos 20 anos da “Cidade de Deus”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.