A d'Orfeu foi distinguida com o prémio "Melhor Iniciativa de Programas Educativos e de Promoção das Artes Cénicas para a Infância e Juventude".

"Este prémio foi atribuído em função do ‘Festival i', mas também da dinamização da oferta cultural e formativa para o público infantil promovido pela d'Orfeu", disse à Lusa Luís Fernandes, diretor criativo da d'Orfeu.

O "Festival i", que se realiza desde 2009, é organizado pela d'Orfeu em conjunto com a Câmara de Águeda, funcionando como um "roteiro non-stop" de espetáculos e atividades de teatro, dança, música e artes circenses.

O evento acontece durante três dias no centro da cidade de Águeda, potenciando uma vivência artística plena do público infantil e de toda a família.

"É um festival de construção de um sentido crítico e de uma massa crítica de um publico que esta na altura de absorver essas influências. Digamos que é uma escola de espetadores e de fruição das artes e não de entretenimento", disse Luís Fernandes.

Segundo a organização, o festival tem tido uma crescente adesão do público a cada edição. A 10ª edição vai ter lugar de 18 a 20 de maio, de 2018.

A entrega dos prémios Rosa María García Cano teve lugar no Palácio de Montarco em Ciudad Rodrigo (Espanha), no decorrer da Feria de Teatro de Castilla y León, um ponto de encontro entre companhias, artistas, produtores, programadores, gestores culturais e público.

O certame é promovido pela Junta de Castilla y León e coordenada pela Asociación Cívitas, que institui os Prémios Rosa María García Cano, em homenagem à fundadora e grande impulsionadora da Feria, precocemente desaparecida.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.