O grupo ‘punk’ composto pela guitarrista portuguesa Ana da Silva, Gina Birch e Anne Wood vai, para além do concerto em Lisboa, no dia 30 de junho, atuar em Braga, no GNRation, e em Coimbra, no Salão Brazil, nos dias 29 de junho e 03 de julho, respetivamente.

O concerto de dia 30 de junho acontece no âmbito da festa de encerramento da Trienal de Arquitetura de Lisboa, uma das parceiras do festival.

Em comunicado, a organização do Rama em Flor salienta que o festival pretende celebrar o feminismo e a cultura ‘queer’, palavra que define todos os conceitos divergentes da heterossexualidade, através de uma programação “transdisciplinar, heterogénea e inclusiva”.

O festival teve a sua primeira edição em setembro de 2016 e volta agora “a ocupar vários espaços da capital”, numa parceria com entidades como a Galeria Zé dos Bois, Damas, Lounge, Rua das Gaivotas 6 e ainda o Museu do Aljube, para além da Trienal de Arquitetura de Lisboa.

O conceito do evento passa ainda pela representação feminista e transexual em atividades e debates sobre a consciência política, a atividade cívica e a estimulação da liberdade das identidades e expressões de género, dando voz a artistas, investigadores e ativistas locais e internacionais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.