A informação é confirmada pela própria casa de espetáculos “The Town Hall” no seu ‘site’ na internet.

O primeiro concerto está agendado para 14 de abril de 2023, momento em que a fadista dividirá o palco com o cantor brasileiro Ney Matogrosso.

No dia seguinte, Mariza atua com o angolano Matias Damásio e, em 21 de abril, a fadista portuguesa dará o terceiro espetáculo, em terreno nova-iorquino, acompanhada pela Orquestra Cesária Évora.

A série de atuações lusófonas é encerrada no dia 22, com um concerto a solo de Mariza.

Ainda em território norte-americano, mas em outubro deste ano, a fadista portuguesa tem agendados sete concertos, todos no estado da Califórnia.

Em 07 de outubro, a artista atuará em Los Angeles, no Luckman Fine Arts Complex; dois dias depois no Hammer Theatre Center, na cidade de San Jose; e no dia 11 no Sunset Center, localizado na Carmel By The Sea.

Em 13, 14, 15 e 16 de outubro, todos os concertos terão lugar no SFJAZZ Center, na cidade californiana de San Francisco.

Mariza, 48 anos, é uma das mais internacionais e premiadas vozes do fado.

Mariza recebeu já o Prémio BBC Radio 3, na categoria de Melhor Artista da Europa de World Music, o prémio da crítica alemã, Deutscheschalplatten Kritik (2003), assim como o European Border Breakers Award (2004), o Prémio Amália Internacional (2005) e a Medalha de Vermeil, da Sociedade de Artes Ciências e Letras de França (2008).

Em 2017 foi distinguida com o título de ‘Mestre da Música Mediterrânea’, pelo Berklee College of Music, de Boston (EUA).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.