Os desfiles começam pelas 15:30, na Estufa Fria, com as propostas do coletivo Awaytomars.

Ao longo do dia - o segundo de desfiles, terceiro desta edição - serão ainda apresentadas as coleções da Imauve, de Gonçalo Peixoto e de Patrick de Pádua, os três, tal como Awaytomars, no âmbito da plataforma LAB (dedicada aos novos talentos), de Valentim Quaresma, de Ricardo Preto, de Luís Carvalho e de Nuno Gama.

Todas estas coleções serão apresentadas no Pavilhão Carlos Lopes.

Na edição passada, que decorreu em outubro, sete dos 23 desfiles, geralmente acessíveis apenas por convite, foram abertos à população. Mas, desta vez, de acordo com a organização, isso não acontecerá em nenhum.

Haverá, no entanto, à semelhança de edições anteriores, atividades abertas ao público.

Na zona que circunda o Pavilhão Carlos Lopes estarão de portas abertas, entre as 14:00 e as 21:00, o ‘Wonder Room’ [uma ‘pop-up store’ (loja temporária)], a ‘Work Station’, exposição de fotografia que vai sendo construída ao longo dos dias da ModaLisboa, a exposição de calçado ‘Portuguese Shoes by APICCAPS’ e o ‘Showcase ModaPortugal’, uma mostra de moda de autor e indústria.

No ‘Wonder Room’ participam 19 marcas e ‘designers’ nacionais de áreas como artesanato, têxtil, joalharia, vestuário, acessórios e ‘lifestyle’. Na ‘Work Station’ participam os fotógrafos Ana Roque di Pinho, Arlindo Camacho e Pedro da Silva.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.