A marca francesa uniu-se ao projeto “Save Our Species” (Salvem as nossas espécies, em português), da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUNC), para criar uma coleção cápsula na qual 10 espécies ameaçadas de extinção tomam o lugar do famoso símbolo da marca.

A apresentação das peças aconteceu no passado dia 1 de março, na Paris Fashion Week. A comercialização dos polos será feita apenas via online, nos EUA e alguns países da Europa, e está reservada a 1.775 unidades. De acordo com a informação disponível no site português da marca, já estará esgotada. 

Cada peça tem o valor de 150 euros e foram produzidas na mesma quantidade de animais remanescentes na natureza. Como explicam as imagens na galeria:



De acordo com a informação disponibilizada no site da marca, todo o lucro será reinvestido. Metade será atribuído diretamente para a IUCN, "com o fim de financiar ações concretas de proteção da natureza"; a restante será "investida em comunicação, destinada a criar visibilidade a esta causa e ao programa Save Our Species".

Esta colaboração não tem fins lucrativos para a Lacoste, nem lhe é fonte de receita, e foi firmada por três anos.

A Lacoste foi fundada em 1933 pelo tenista René Lacoste juntamente com André Gilliere. Durante a Taça Davis de 1927, o tenista foi apelidado pela imprensa americana de "Le Crocodile" (O Crocodilo) e será daí que vem o famoso estampado (introduzido nas peças de roupa apenas em 1936).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.