Seguida por muitos milhares de pessoas nas redes sociais, Patrícia Lemos é educadora para a saúde menstrual e fertilidade, instrutora de planeamento familiar natural e terapeuta certificada em apoio a reproduções medicamente assistidas. Palestrante internacional nestas temáticas, soma formações aquém e além-fronteiras e é autora de quatro livros pertinentes para qualquer mulher que queira ficar a conhecer o seu corpo e fazer escolhas informadas: o “Não é só sangue – Uma conversa sobre o ciclo menstrual”; o “Período – Um guia para descomplicar”; o “The Goddess in You” publicado no Reino Unido, em 2017, e ainda o e-book “Método Natural de Fertilidade – tudo o que precisas de saber para começar”, cujo download é gratuito. Como a própria defende: “Para devolvermos o corpo às mulheres temos de lhes dar a informação que nunca lhes chegou.”.

Patrícia Lemos retira o foco apenas do período - que “embora seja o único sangue que não decorre de doença ou violência” continua a gerar aversão - e leva-nos numa viagem de conhecimento do corpo feminino através de todo o ciclo menstrual: “O foco na saúde é o foco na ovulação, e quando olhamos para a ovulação olhamos para o ciclo menstrual. O período passa a ser só uma parte do ciclo, mas no qual alavancámos uma série de estratégias sociais para fazer de nós ou super mulheres, porque tínhamos um sangramento cíclico e não morríamos disso, ou, por outro lado, para nos tirar daquilo que é a cena social. Neste momento, o que queremos fazer é dizer: isto faz parte de algo muito maior que é invisível aos olhos mas que não é completamente indetetável”. Acredita que além de ser um evento fisiológico, a menstruação tem também uma forte componente política, social e cultural. Como? Nestes 50 minutos de conversa ela explica porquê.

Pode subscrever o podcast Um Género de Conversa através dos links abaixo:

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.