O espetáculo "Estro/Watts – Poesia da Idade do Rock", que parte da antologia “Estro in Watts”, organizada por João Menezes Ferreira, leva ao palco do Rivoli – Teatro Municipal do Porto, a “vontade de valorizar a palavra poética que está em muitas das canções da Idade do Rock”, compostas entre 1956 e 1981, afirmou hoje Gonçalo Amorim, encenador do espetáculo, que é a nova criação do Teatro Experimental do Porto (TEP).

À margem do ensaio de imprensa, Gonçalo Amorim afirmou que, das 800 páginas da obra, organizada por João Menezes Ferreira, a equipa aprofundou cerca de 50 poemas e que, desses, resultaram 36 de autores como Bob Dylan, Patti Smith, Elvis Presley, Johnny Rotten, Leonard Cohen, David Byrne e Laurie Anderson.

Se, por vezes, é a palavra poética que ganha lugar, com a sonoridade a ser extraída em cena, outras tantas é dado palco ao ‘rock’ - “a língua universal” - e o “livro passa a som”.

“Nesta antologia é de realçar a juventude com que os artistas escreveram estes poemas”, afirmou o encenador.

O músico e compositor Paulo Furtado, The Lengendary Tigerman, que também assina este espetáculo, realçou que, para a escolha dos poemas, a música foi posta “de parte” e retirada da “equação”.

“Isso ajudou muito a reconstruir as próprias narrativas contidas no interior destes poemas. O facto de ser à mesa, de estarmos hoje todos, quer músicos, quer atores, a discutir e refletir sobre esses poemas, obviamente que nos levou noutras direções e sentidos que a própria canção ou formato de canção não nos ajudaria a levar”, destacou o diretor musical.

Num palco preenchido de instrumentos musicais, é entre um amontoado de microfones que os atores entram em cena, numa tentativa de “explorar a dualidade da palavra do rock e a prática poética”.

Aliás, é em torno de uma “narrativa sonora” que os diferentes momentos poéticos se juntam, afirmou Gonçalo Amorim.

“Ficamos maravilhados com o que ganhamos em palavra, principalmente em português, que ressoa de maneira tão diferente em nós”, acrescentou Paulo Furtado, realçando, no espetáculo, muitas das palavras que “soam como se tivessem sido escritas ontem sobre coisas que estão a acontecer hoje e isso é algo que fomos reparando, e influenciou a nossa seleção”.

"Estro/Watts – Poesia da Idade do Rock" sobe ao palco do Rivoli na sexta-feira, dia 06 de novembro, pelas 19:30, no sábado pelas 19:00 e no domingo às 17:00, sendo que neste dia, o espetáculo vai ser transmitido ‘online’.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.