Na lista de nomeados, divulgada ‘online’ pela organização, estão as escritoras Cristina Carvalho, Isabel Minhós Martins e os autores e ilustradores Bernardo P. Carvalho, António Jorge Gonçalves, André Letria e Catarina Sobral.

O Astrid Lindgren Memorial Award (ALMA) tem um valor monetário de cinco milhões de coroas suecas (cerca de 462.000 euros) e reconhece escritores, ilustradores, organizações e outras personalidades que se dedicam à promoção do livro e da leitura para crianças e jovens.

Para a edição de 2023 foram selecionados 251 nomeados de 64 países, incluindo os seis autores portugueses, que já tinham sido todos nomeados este ano.

A lista de nomeados inclui, por exemplo, o autor brasileiro Roger Mello, a rede de Bibliotecas Rurais Itinerantes da Bolívia e a Biblioteca Infantil de Tóquio, no Japão.

Afeganistão, Austrália, Irão, Estados Unidos da América, Mongólia, Palestina, Costa do Marfim, Ucrânia, Noruega e Indonésia são outros países representados nas nomeações.

O ALMA foi lançado em 2002 pelo Governo da Suécia, em homenagem à escritora Astrid Lindgren, popular por ter criado a personagem “Pipi das meias altas”.

Este ano, o prémio foi atribuído à autora sueca de livros ilustrados Eva Lindstrom.

O vencedor do ALMA 2023 será anunciado em março.

Em anos anteriores, já estiveram nomeados, entre outros, as escritoras Alice Vieira e Maria Teresa Maia Gonzalez, os escritores António Mota e António Torrado, o bibliotecário Nuno Marçal, responsável pela biblioteca móvel de Proença-a-Nova, e a associação artística Andante.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.