Numa conversa gravada semanas antes do levantamento do estado de emergência, Ricardo Brito Reis, responsável de conteúdos e redes sociais da Federação Portuguesa de Basquetebol refere que em termos de mecânica de trabalho pouco mudou, uma vez que a sua função sempre permitiu algum trabalho remoto, via telemóvel ou computador portátil. "O que mudou foram os conteúdos", uma vez que está tudo parado, sendo que a recuperação de jogos antigos tem sido uma das apostas para entreter os seguidores da Federação nestes dias.

O comentador habitual de NBA na SPORTTV e no podcast Bola ao Ar, do SAPO24, refere ainda que esta altura mostra-nos a "importância do desporto" enquanto mecanismo que nos une e nos entretém em tempos mais difíceis e elogia o comportamento de alguns desportistas que "abdicaram do salário", que fizeram doações ou que estão a ajudar a pagar os salários dos funcionários dos pavilhões (no caso da NBA, por exemplo).

Pessoalmente, os primeiros tempos de isolamento social não foram assim tão complicados. "Está a saber-me bem dormir até mais tarde", ele que costuma comentar jogos da melhor liga de basquetebol do mundo até altas horas da madrugada.

Como está a viver estes tempos de pandemia? E como é que isso afetou a sua vida a nível pessoal e profissional? Conte-nos a sua história através do e-mail 24@sapo.pt.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.