Segundo a autarquia, a bordo da aeronave seguiam três instrutores da AWA – Aeronautical Web Academy, que descolaram do aeródromo de Tires, no mesmo concelho, e “iam a Coimbra buscar outros dois aviões”.

A aterragem de emergência ocorreu perto das 17:00, depois de os ocupantes detetarem “uma falha parcial do motor na zona do Guincho”, e “o avião, um Tampico, ficou todo partido”.

Segundo a página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil na internet, na qual a ocorrência era considerada “em resolução” às 17:30, para o local foram mobilizados 16 operacionais e sete veículos das forças de socorro e segurança.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.