Conjuntamente com a Marinha Portuguesa, a AMN avança ser esperado “um aumento da agitação marítima na faixa litoral oeste do continente, com uma altura de onda que pode chegar até aos seis metros junto à costa”. As ondas podem ir até aos oito metros na região a norte do Cabo da Roca.

“É expetável que as condições do mar comecem a melhorar a partir da manhã de sábado”, refere ainda o comunicado da Autoridade Marítima Nacional.

As autoridades aconselham a comunidade marítima que se encontra no mar para que adote medidas de precaução e a mantenha de elevado estado de vigilância.

Para a população geral, recomenda-se que mantenha uma “atitude vigilante, caso exista necessidade de se deslocar até à orla costeira, e a ter sempre presente que nestas condições o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras”.

Por causa da agitação marítima, seis barras estão encerradas a toda a navegação em Portugal continental e outras quatro estão condicionadas, segundo a Marinha.

Estão encerradas a toda a navegação as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Figueira da Foz e S. Martinho do Porto, de acordo com a informação disponível no 'site' da Marinha.

As barras de Viana do Castelo, Vila do Conde, Douro e Aveiro estão fechadas a embarcações de comprimento inferior a 12 metros (Viana do Castelo e Vila do Conde) e a 15 metros (Douro e Aveiro).

A agitação marítima fez com que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) tenha declarado aviso amarelo para toda a costa continental até às 18:00 de sábado e para a costa norte da ilha da Madeira igualmente até ao final do dia de sábado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.