Existem mais de mil milhões de armas de fogo no mundo, 85% delas em mãos de civis e o resto em poder de forças militares e de ordem interna, de acordo com a Small Arms Survey. A pesquisa, realizada pelo Graduate Institute of International and Development Studies em Genebra (Suíça), baseia as  suas estimativas em várias fontes, incluindo o registo de compra de armas por civis de 133 países e territórios assim como os resultados de estudos de campo em 56 países.

Dos 857 milhões de armas que estão nas mãos de civis, 393 milhões encontram-se nos Estados Unidos, uma quantidade maior do que a somada por outros 25 países que aparecem no topo da lista.

"Os americanos compram cerca de 14 milhões de armas novas e importadas por ano", disse Aaron Karp, um dos autores do estudo, numa conferência de imprensa na sede da ONU em Nova Iorque.

"Por que compram tantas armas? Bom, esse é outro debate, mas pode dizer-se que as compram porque podem. O mercado americano é extraordinariamente permissivo", acrescentou.

Existem 121 armas para cada 100 habitantes nos Estados Unidos, 53 no Iémen, 39 em Montenegro e 35 no Canadá. No outro extremo, Japão e Indonésia têm menos de uma arma para cada 100 habitantes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.