Segundo fonte socialista, esta proposta de António Costa para suceder a Ferro Rodrigues no segundo cargo da hierarquia do Estado português foi apresentada numa reunião com o novo Grupo Parlamentar do PS.

Na terça-feira, a conferência de líderes agendou a primeira reunião plenária da XV Legislatura para a próxima terça-feira, dia 29 de março, sessão em que os deputados vão proceder à eleição do novo presidente da Assembleia da República.

Professor universitário, sociólogo, natural do Porto, Augusto Santos Silva foi ministro da Educação e da Cultura entre 2000 e 2002 no segundo executivo liderado por António Guterres.

Nos governos de José Sócrates (2005/2011), desempenhou as funções de ministro dos Assuntos Parlamentares e da Defesa Nacional.

No primeiro governo de António Costa (2015/2019) assumiu o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros. Na legislatura que agora termina (2019/2022) passou a ser um dos quatro ministros de Estado do executivo, mantendo a pasta de Estado dos Negócios Estrangeiros.

Ferro Rodrigues, antigo secretário-geral do PS entre 2002 e 2004, foi presidente da Assembleia da República entre 2015 e 2021, mas nas últimas eleições legislativas não quis integrar a lista de candidatos a deputados dos socialistas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.