A moção, apresentada pelo PS e aprovada por unanimidade, recomenda o estudo de eliminação de pórticos na A41 e A4, nomeadamente os de acesso à Via Regional Interior (Freixieiro, Custóias e Gueifães), para incentivar a sua utilização e descongestionar as vias de acesso à Via de Cintura Interna (VCI).

Além disso, reivindica junto das Infraestruturas de Portugal as obras de reconfiguração da rotunda da Avenida AEP e consequente requalificação da A28.

“Durante as últimas duas décadas foram realizados sucessivos estudos para minimizar o trânsito automóvel no troço final/inicial da A28, sobretudo na confluência à rotunda AEP, mas nenhum foi verdadeiramente executado, com exceção da nova saída para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, no distrito do Porto”, sustenta a proposta.

Deste modo, e à medida que a utilização do automóvel continua a crescer, mesmo com as novas e necessárias medidas de incentivo à utilização de transporte público, o tempo despendido neste troço continua a ser prejudicial para a competitividade do território e qualidade de vida das populações, realça o documento.

Na moção, os socialistas sublinham que a eliminação do pórtico de Neiva da A28, reduzindo o custo da viagem entre Viana do Castelo e Porto e vice-versa, anunciada pelo Governo, aumenta o fluxo na “congestionada A28” entre Leça da Palmeira e o Porto, afetando também o trânsito nas vias urbanas através de um fluxo de atravessamento que deveria estar circunscrito às vias rápidas.

O pórtico de Neiva da A28 está situado à entrada de uma zona industrial de Viana do Castelo e é considerado um "entrave" à atividade empresarial da região.

“A nascente de Matosinhos, a Via Norte, que liga a Maia à VCI, apresenta também sinais de forte congestionamento. Acrescem ainda que, com a construção do [Itinerário Principal] IP4, que cruza a Via Norte, começou a existir uma procura elevada desta artéria para fazer a ligação ao Porto”, sustenta.

Sem prejuízo de novas soluções de mobilidade, nomeadamente a expansão do Metro do Porto, que contribuam para a diminuição do peso do automóvel nos movimentos pendulares, a Assembleia Municipal de Matosinhos considera urgente a execução de medidas que minimizem o impacto destes congestionamentos diários.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.