Além de Cristas, a delegação democrata-cristã inclui os vice-presidentes Nuno Melo e Adolfo Mesquita Nunes, e o secretário-geral, Pedro Morais Soares, e o deputado Álvaro Castelo Branco, que foi vice-presidente de Rui Rio na câmara do Porto, disse à Lusa fonte do CDS.

Este será o congresso da despedida de Pedro Passos Coelho, que foi primeiro-ministro de um governo de coligação com o CDS-PP, em que Assunção Cristas foi ministra.

Noutros congressos, quando estavam no Governo, era normal os líderes dos dois partidos assistirem à sessão de encerramento dos congressos dos seus parceiros.

O PS, partido do Governo, far-se-á representar pela secretária-geral adjunta, Ana Catarina Mendes, Marcos Perestrelo, secretário de Estado e líder da Federação da Área Urbana de Lisboa do partido, e José Manuel Mesquita, do secretariado nacional socialista.

Ainda à esquerda, o PCP envia dois dirigentes, Armindo Miranda, da Comissão Política, e Ana Gusmão, do Comité Central.

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) estará representado por dois dirigentes nacionais, Joana Silva e Rogério Cassona.

O BE, como habitualmente, não envia qualquer delegação.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.