De acordo com porta-voz daquela agência, Sutopo Purwo Nugroho, mais de 5 mil pessoas desaparecidas.

As equipas de resgate indonésias começaram a chegar, no sábado, às zonas mais remotas da ilha de Celebes, às cidades de Donggala e outras áreas de difícil acesso, como o município de Sigi, são alguns dos pontos em que a assistência prestada pelas autoridades e ONG locais começou a chegar, disse a porta-voz da Cruz Vermelha, Iris Van Deinse.

O terramoto de magnitude 7.5 e o tsunami que se registou posteriormente atingiram a costa da ilha Celebes, no norte do arquipélago indonésio, há nove dias.

A Indonésia assenta sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica onde, em cada ano, se registam cerca de 7.000 terramotos, a maioria moderados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.