Durante uma conversa telefónica, os dois líderes analisaram os esforços de Washington e dos seus aliados para identificar “capacidades adicionais” para ajudar as forças militares ucranianas, disse a Casa Branca, em comunicado.

Na chamada de 55 minutos, sobre os últimos desenvolvimentos em torno da invasão da Ucrânia pela Rússia, Biden assegurou ainda ao seu homólogo que a assistência está já a caminho da Ucrânia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.