Na rede social Twitter, a bloquista escreveu: “O Bloco vai pedir esclarecimentos a Medina sobre a partilha de dados de quem organizou uma manifestação a exigir a libertação de Navalny”.

O Expresso e o Observador avançaram hoje que a Câmara de Lisboa fez chegar às autoridades russas os nomes, moradas e contactos de três manifestantes russos que, em janeiro, participaram num protesto, em frente à embaixada russa em Lisboa, pela libertação de Alexey Navalny, opositor daquele Governo.

“A confirmar-se, é uma inadmissível violação da lei”, considerou Beatriz Gomes Dias, a concluir o seu texto.

A Lusa contactou a Câmara de Lisboa, mas, até ao momento, não obteve resposta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.