À Lusa, aquele responsável explicou hoje que a atribuição de um PEM a Felgueiras "é o reconhecimento do trabalho que a corporação tem desempenhado".

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Felgueiras não tinha uma ambulância de INEM no quartel e há muito que, junto da tutela, reivindicava aquele serviço.

Júlio Pereira lembrou que aquele corpo de bombeiros é dos que mais serviços presta na região do Vale do Sousa.

"Temos um grande número de serviços e este PEM vem reforçar a corporação no auxílio à população", assinalou.

A aquisição da viatura é financiada pelo Instituto Nacional de Emergência Médica e deverá estar operacional dentro de três a quatro meses.

O comandante destacou, por outro lado, que a corporação tem recursos humanos capazes de assumir o PEM, "porque já fazem o mesmo serviço nas ambulâncias da corporação".

O corpo de bombeiros de Felgueiras tem atualmente cerca de uma centena de operacionais.

Nesta fase decorrem obras de ampliação do quartel, no valor de 757 mil euros, que deverão estar concluídas no final do primeiro trimestre de 2019.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.