A informação é avançada pela Globo, que cita números veiculados pelo Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). De acordo com o canal de informação brasileiro, um homem terá entrado durante uma missa e atirado indiscriminadamente sobre o público, matando quatro pessoas e deixando outras quatro feridas.

A Globo informa ainda que o suspeito do atentado carregava consigo uma pistola e um revólver de calibre 38, tendo-se suicidado em frente ao altar depois de cometer os crimes.

O alerta terá sido dado no início da tarde nesta cidade a norte de São Paulo, tendo as equipas do Samu e dos Bombeiros chegado ao local perto das 13:20 (hora local, 15:2o em Lisboa).

Uma das mulheres feridas, de 65 anos, sofreu danos junto à cervical e terá sido levada para o Hospital Mário Gatti, enquanto outra, de 40 anos, terá sido encaminhada para o Hospital de Clínicas da Unicamp. Sabe-se da existência de uma terceira vítima, que estará estável, mas não se sabe para que unidade de saúde foi levada.

De acordo com Alexandre Monteiro, do Corpo de Bombeiros, a corporação contabiliza "nove vítimas no total, cinco óbitos aqui e quatro vítimas socorridas pelas viaturas", sendo que estas últimas "estão estáveis nos hospitais". O bombeiro indicou também que não há, para já, "informação sobre [a] motivação e sobre quem são as vítimas".

As imagens que começaram a surgir nas redes sociais mostram o aparato policial à volta da igreja, também conhecida por Catedral de Nossa Senhora da Conceição.

A Arquidiocese de Campinas já lamentou a tragédia através da sua página no Facebook.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.