Na nota divulgada, a autarquia porto-santense refere que esta medida foi tomada por unanimidade na reunião camarária, constituindo um aditamento ao protocolo de cooperação técnica e financeira celebrado entre a Câmara Municipal e a Associação dos Bombeiros Voluntários do Porto Santo.

Este acordo tem por objeto a comparticipação financeira do município da ilha para ajudar no cumprimento do plano de atividades daquela associação, na qual este se compromete “a prestar apoio técnico à câmara municipal no âmbito das suas atribuições relativas à proteção civil, nomeadamente na realização de simulacros no âmbito da proteção civil municipal, ou em situações de calamidade e catástrofe e limpeza urbana em situações atmosféricas adversas, bem como apoio logístico às atividades culturais, desportivas e recreativas promovidas” ou apoiadas pela autarquia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.