"O Bloco de Esquerda já fez o que tinha a fazer sobre esta matéria. Nós achamos que o incitamento ao ódio e ao racismo em Portugal não pode passar em branco. Aliás, a lei não o permite. E o nosso candidato a Loures, Fabian Figueiredo, hoje mesmo deu declarações a toda a comunicação social sobre esta matéria", salientou.

Catarina Martins falava, em declarações aos jornalistas, à margem de uma visita ao campus de Angra do Heroísmo da Universidade dos Açores, na ilha Terceira.

Também hoje à tarde, numa conferência de imprensa em Lisboa, o cabeça-de-lista do BE em Loures apelou ao presidente do PSD para que "deixe cair" o apoio ao candidato André Ventura e interpelou a CDU e o PS para que recusem acordos de governação autárquica com os sociais-democratas.

Numa entrevista ao jornal i, publicada na segunda-feira, o então candidato da coligação PSD/CDS-PP/PPM à Câmara Municipal de Loures, André Ventura, afirmou que há pessoas que "vivem quase exclusivamente de subsídios do Estado" e que acham "que estão acima das regras do Estado de direito", considerando que tal acontece particularmente com a etnia cigana.

Na quinta-feira, o candidato já tinha falado sobre uma alegada "excessiva tolerância com alguns grupos e minorias étnicas", numa entrevista ao portal Notícias ao Minuto.

Fabian Figueiredo, que já tinha apresentado uma queixa à Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial, por "declarações contra as minorias étnicas", apresentou na segunda-feira uma queixa-crime ao Ministério Público e à Ordem dos Advogados.

Já hoje, o CDS-PP anunciou que vai seguir "um caminho próprio" nas eleições autárquicas em Loures, abandonando a coligação com o PSD, encabeçada por André Ventura, e expressou "profundo incómodo" pela forma como o candidato se referiu à comunidade cigana.

Uma fonte da direção do PSD disse à Lusa que o partido mantém o apoio ao candidato e lamentou que o CDS não o fizesse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.