"Eu não tenho solução nenhuma. Vou ouvir o senhor presidente da Câmara", disse Marcelo Rebelo de Sousa quando questionado se iria encontrar-se com o autarca de Almeida que hoje, a par de outros autarcas e habitantes do concelho, se concentrou junto das instalações da agência da CGD de Vilar Formoso numa ação de protesto contra o fecho do balcão.

O presidente desta autarquia do distrito da Guarda, António Baptista Ribeiro, adiantou hoje à agência Lusa que no próximo dia 16 [terça-feira da próxima semana] será recebido, em Lisboa, pelo Presidente da República e que no dia seguinte, pelas 14:00, haverá um novo encontro de habitantes e de autarcas em Vilar Formoso.

"Não vamos desistir. Vai haver outras formas de luta e de intervenção que, a seu tempo, vão ser divulgadas", prometeu o autarca.

O presidente da câmara lamentou a forma como o seu concelho está a ser tratado pela administração da CGD e Marcelo Rebelo de Sousa, no Porto, à margem de uma sessão de homenagem ao voluntariado da Liga dos Amigos do Hospital de Santo António, confirmou o encontro mas escusou-se a dar pormenores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.