Um porta-voz das Agência Nacional de Gestão de Emergências disse à agência Associated Press que as mortes ocorreram em dez estados e que o número poderia aumentar.

A Agência de Serviços Hidrológicos da Nigéria e a Agência Meteorológica nigeriana acredita que os níveis de água serão superiores aos registados em 2012, quando as inundações mataram 363 pessoas e deslocaram mais de 2,1 milhões.

As agências alertaram que 12 dos 36 estados da Nigéria serão “seriamente afetados” pelas cheias severas.

Algumas das áreas mais afetadas situam-se ao longo do rio Níger.

Espera-se que o nível de água do rio suba substancialmente caso as comportas da barragem de Lagbo, nos Camarões, sejam abertas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.