O acidente teve lugar na cidade de Big Wells, perto de San António, depois da polícia fronteiriça tentar deter o condutor de uma carrinha, segundo uma reportagem de um canal de televisão local, a KSAT, afliada da ABC.

No total encontravam-se 14 pessoas dentro do veículo, incluindo o condutor, que sobreviveu ao acidente.

O xerife do condado de Dinit, Marion Boyd, explicou que a viatura segui a 160 quilómetros por hora.

Durante a perseguição, o condutor perdeu o controlo da viatura, que capotou, causando a morte e ferimentos nos imigrantes, indicou o Departamento de Segurança Pública do Texas.

O condutor foi detido pelas autoridade. Quatro passageiros foram declarados mortos no local e um outro já no hospital, onde os feridos foram mantidos sob custódia policial.

A questão da imigração nos Estados Unidos tem provocado uma discussão intensa naquele país, sobretudo depois de tre sido anunciada a política de “tolerância zero” por parte da Administração do Presidente nort-americano, Dinald Trump.

A guarda de controlo de fronteira norte-americana autorizou no domingo os jornalistas a fazerem uma breve visita às instalações onde se encontram adultos e crianças depois de terem sido detidos na fronteira com o México.

Cerca de duas mil crianças foram retiradas aos seus pais desde que a administração do Presidente Donald Trump anunciou “tolerância zero” à entrada de pessoas nos Estados Unidos sem autorização legal.

A guarda de controlo de fronteira assegurou que as pessoas detidas têm refeições adequadas, acesso a casas de banho e cuidados médicos.

Em declarações à televisão CNN, a diretora de comunicação da primeira-dama norte-americana disse também no domingo que Melania Trump “odeia ver crianças separadas das suas famílias” e “espera que os dois lados do Congresso possam finalmente chegar a acordo sobre uma reforma da imigração bem-sucedida”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.