De acordo com o MUDE, que, além de exibir o acervo, também tem por missão investigar, apresentar, conservar e divulgar o design português, a Coleção Carlos Rocha foi doada por vontade aquele designer, e integra também núcleos de peças de seu pai, Carlos Rocha Pereira, e do tio, José Ferrer Rocha.

O “Núcleo Carlos Rocha” (1943-2016) contempla as várias fases do trabalho deste designer que marcou a cultura visual nacional durante várias décadas, com material representativo da obra gráfica, do produto e do design expositivo.

De acordo com o MUDE, assumem particular interesse os núcleos referentes à Agência Marca e à LETRA Design, com uma vasta documentação que permite compreender todo o processo projetual do trabalho realizado ao nível da identidade corporativa, linhas gráficas, embalagens e publicidade para muitas marcas nacionais ligadas à energia, transportes, vinho, banca, industria farmacêutica, limpeza, etc.

Também integra trabalhos realizados para exposições e eventos temporários.

O “Núcleo Carlos Rocha” compreende também uma vasta documentação sobre a sua ação enquanto professor e muitos títulos e informações sobre a história, a institucionalização e a vida associativa do design em Portugal.

O “Núcleo José Rocha” (1907-1982) dá a conhecer o trabalho deste pioneiro do design gráfico em Portugal, com particular importância no desenvolvimento da publicidade.

O acervo integra várias ilustrações, cartazes e anúncios para as revistas Ilustração, Civilização e Notícias Ilustrado, entre outras.

Tem também várias capas da revista Ver e Crer, onde José Rocha foi o diretor artístico.

Também destaca o vasto trabalho realizado pelo ETP – Estúdio Técnico de Publicidade, primeira agência de publicidade fundada por José Rocha, em 1936.

Este núcleo contém um conjunto de materiais - esquissos, esboços, desenhos, pinturas, estudos, maquetas, artes finais, provas de impressão - que documenta as várias fases do processo de criação.

As principais tipologias são cartazes, tapumes publicitários, anúncios de imprensa, rótulos, folhetos, decoração de fachadas e de interiores, capas de livros.

Além do trabalho de José Rocha, existem ilustrações de vários artistas que colaboraram com a ETP, como Fred Kradolfer, Bernardo Marques, Carlos Botelho, Maria Keil, Thomaz de Mello e Stuart Carvalhais, entre outros.

O “Núcleo Carlos Rocha Pereira (pai)” (1912 - 1992) é - segundo o MUDE - significativamente mais pequeno que os anteriores, mas é também importante para traçar a história da publicidade em Portugal.

Neste, assumem particular importância as várias fontes criadas, o trabalho desenvolvido para a Cisne, e as capas de livros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.