Esta atualização dos combustíveis abrange ainda o preço máximo do fuelóleo industrial, que terá uma descida de 6,1 cêntimos também a partir de domingo, de acordo com uma nota do Governo dos Açores enviada às redações.

Assim, o litro da gasolina passa a custar 1,433 euros, o do gasóleo rodoviário 1,259 euros, enquanto o gasóleo colorido e marcado consumido na agricultura passa a custar 0,777 euros por litro e o gasóleo consumido na pesca 0,587 euros por litro.

O fuelóleo industrial passa a custar 0,543 euros por quilo.

"Esta variação de preços é exatamente igual à decorrente da variação dos preços na Europa no mês anterior e à variação do custo da matéria prima", explica a nota do Governo açoriano.

O Governo dos Açores, desde a publicação da resolução do Conselho do Governo n.º 44/2019, de 29 de março, passou a definir diferenciais de incidência fiscal em relação ao continente.

De acordo com a mesma nota, "a incidência fiscal nos Açores é inferior à do continente português em 10% na gasolina 95 octanas, em 20% no gasóleo rodoviário, em 66% no gasóleo colorido e marcado consumido na agricultura e nas pescas, em 39 % no gás butano e ainda em 41% no fuelóleo industrial".

Segundo a secretaria regional dos Transportes e Obras Públicas, "no último mês verificou-se uma descida dos preços dos combustíveis no mercado europeu que serve de referência para a definição dos preços nos Açores, correspondente à média dos preços de venda ao público de 14 países naquele espaço".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.