O presidente da autarquia, Fernando Queiroga, afirmou hoje à agência Lusa que este incentivo, atribuído no âmbito do programa "Enxoval do Bebé", não chega para fazer aumentar a natalidade no município, mas “é um prémio para as famílias”.

Desde 2009 que a autarquia entrega o “Enxoval do Bebé” com o objetivo de minimizar os encargos dos pais e, simultaneamente, incentivar os casais naturais e residentes no município a terem um ou mais filhos.

Neste período nasceram, segundo Fernando Queiroga, cerca de 400 crianças no concelho.

Na quarta-feira, vai ser entregue o apoio monetário de 1.000 euros a 17 bebés nascidos no concelho no primeiro semestre de 2018, mas, a ajuda da autarquia estende-se ainda ao pagamento de creches e ajudas para aquisição de fraldas e leite.

“Este subsídio é um prémio para que as pessoas cá fiquem e ajuda a aumentar a qualidade de vida das famílias. Nós temos a noção de que não é por darmos mais 1.000 euros que as famílias vão ter filhos”, referiu.

Fernando Queiroga adiantou que a grande ajuda à fixação dos jovens no concelho e consequente ao nascimento de mais bebés, tem sido a criação de emprego.

O autarca deu como exemplo a fábrica de cordas e cabos sintéticos que, há uns anos, criou 220 postos de trabalho e, mais recentemente, uma outra fábrica de calçado que criou 20 empregos, estando previstos mais 20 a partir de setembro.

Em curso está ainda a implementação de mais duas unidades fabris e têm também sido criados pequenos negócios espalhados pelo concelho.

“É esta oferta que vamos tendo e que ajuda a que os jovens já não saiam com tanta regularidade, como saíam há uns anos. A emigração e a migração têm estabilizado, e é por isso que tem havido mais nascimentos”, sustentou.

A área social é uma das prioridades do município, que afeta cerca de 2,5 milhões de euros, o equivalente a 24% do orçamento, aos apoios às famílias, “desde o nascimento até aos últimos dias de vida”.

A título de exemplo, a câmara oferece manuais escolares, procede ao pagamento de refeições e transportes escolares, mesmo para os estudantes que vão para o ensino secundário, em Chaves, bem como atribui bolsas de estudo para os alunos que frequentam o ensino superior e criou o cartão social que concede ajudas e descontos aos idosos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.