No seu comunicado diário aquela entidade adianta ainda que os casos diagnosticados reportam-se a quatro homens, com idades compreendidas entre os 13 e os 45 anos, e duas mulheres, com 22 e 37 anos de idade, "sendo que cinco dos casos desembarcaram na Região provenientes de ligações aéreas com o território continental a 6 e 7 de agosto, tendo obtido à chegada resultado positivo para o vírus SARS-CoV-2".

O sexto caso, segundo a Autoridade de Saúde dos Açores, "refere-se a um indivíduo que desembarcou na ilha de São Miguel a 6 de julho, que obteve resultados negativos nos testes de despiste à chegada" e "após o sexto dia de permanência na Região".

Contudo, o mesmo individuo, na sexta-feira, ao apresentar "sinais e sintomas de infeção, contactou a Linha de Saúde Açores e foi validado como caso suspeito e submetido a recolha de amostra biológica e respetiva análise laboratorial, com posterior resultado positivo", explica ainda o comunicado.

A Autoridade de Saúde açoriana refere que todos os seis casos positivos "apresentam situação clínica estável e foram já diligenciados, pelas Delegações de Saúde Concelhias, os procedimentos definidos para caso confirmado, testagem e vigilância de contactos próximos".

Até ao momento, foram detetados na Região 185 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se, atualmente, 25 casos positivos ativos, todos eles na ilha de São Miguel.

Desde o início da pandemia já foram registadas na região 16 mortes por infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.