“Dado que existem algumas linhas de autocarro que não têm, habitualmente, serviço ao sábado à tarde, e para ser possível ir ao encontro das necessidades dos clientes, bem como garantir o melhor serviço possível, a STCP vai prolongar os horários de algumas linhas, nos dias úteis”, justifica a empresa, em comunicado, referindo-se às linhas 207, 303, 804 e 907.

A STCP anunciou ainda que vai colocar ao serviço “viaturas de grande capacidade (articulados) nas linhas em que existe expectativa de atingirem lotação próxima dos máximos definidos em determinadas viagens” devido à covid-19, ou seja, “um terço da lotação dos autocarros”.

Quanto às linhas que ao sábado não funcionavam durante a tarde, a STCP esclarece que a 207 (Campanhã – Mercado Foz), a 302 (Aliados-Damião de Góis), 303 (Pr. Liberdade-Constituição) e 804 (Hospital de S. João – S. Pedro da Cova) vão estar a operar até às 20:00 de segunda a sexta-feira.

Isto permite, diz a empresa, “reduzir o transbordo de passageiros”.

Quanto à linha 907 (Boavista-Vila d’Este), “será também reforçada entre Sto. Ovídio e Vila d’Este, em Vila Nova de Gaia, nas horas de ponta”.

“Aos sábados, estas linhas não sofrem alteração, pelo que os clientes devem consultar os horários afixados nas paragens”, esclarece a STCP.

A empresa anunciou na quinta-feira que, a partir de segunda-feira, reduz a oferta de serviço em 40%, com todas as linhas de autocarro a circular com os horários de sábado devido à covid-19.

“A partir de segunda-feira, nos dias de semana, em todas as linhas de autocarro STCP passará a vigorar o horário habitual de sábado, em vez do horário “Dias Úteis”. No caso de domingos e feriados, “mantém-se o horário correspondente”, acrescenta.

A empresa assinalou uma redução de “cerca de 40%” e uma oferta “na ordem dos 60%”, num momento em que “a procura apresenta níveis de redução superior a 80% em muitos períodos” devido à pandemia do novo coronavírus que levou na quarta-feira o Presidente da República a decretar o estado de emergência no país.

“A alteração do horário permite garantir a disponibilidade do serviço de transporte público durante todo o período de combate à pandemia, bem como garantir o distanciamento desejado entre passageiros”, para “maior proteção dos trabalhadores e clientes”, justifica a STCP.

As pessoas devem, para os dias úteis, consultar agora o horário de sábado, reforça a STCP.

“A opção por este tipo de horário foi no sentido de permitir aos clientes da STCP poderem, com a mesma facilidade, terem pleno conhecimento dos horários de passagem nas diversas paragens, reduzindo os tempos de espera pelas viagens pretendidas”, acrescenta.

Portugal elevou hoje para 12 o número de mortes associadas ao vírus da covid-19, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), que regista 1.280 casos confirmados de infeção.

 Estão confirmadas quatro mortes na região Norte, quatro na região Centro, três na região de Lisboa e Vale do Tejo e uma no Algarve, precisa o boletim epidemiológico divulgado hoje, com dados referentes até às 24:00 de sexta-feira.

O número de mortos duplicou em relação a sexta-feira, quando foram registadas seis mortes, indicam os dados, que dão conta de que cinco doentes já recuperaram.

Desde 01 de janeiro existem 9.854 casos suspeitos, dos quais 1.059 aguardam resultado laboratorial. Houve ainda 7.515 casos que não se confirmaram.

A região Norte é a que regista o maior número de infeções (644), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (448), da região Centro (137), do Algarve (31) e do Alentejo (3).

O novo coronavírus já causou pelo menos 11.401 mortos em todo o mundo e foram detetados mais de 271.660 casos de infeção em 164 países e territórios.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.