Durante a manhã de sábado, os membros das mesas de voto de Coimbra foram testados ao novo coronavírus.

O rastreio permitiu testar 409 pessoas e identificar sete casos positivos de covid-10, conseguindo-se, assim, “quebrar a cadeia de contágio”.

O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, destacou que a “missão foi concluída com sucesso”.

A autarquia proporcionou o rastreio a fim de “preservar a saúde da comunidade” e assegurar a “máxima segurança” do ato eleitoral, no contexto de pandemia.

Os testes ao coronavírus foram promovidos pela Câmara Municipal de Coimbra e tiveram a colaboração da Cruz Vermelha Portuguesa.

Os membros das mesas de voto que testaram positivo foram “substituídos das funções para as quais estavam designados” e iniciaram isolamento conforme determinado pelas autoridades de saúde.

Marcelo Rebelo de Sousa, com o apoio do PSD e CDS, foi reeleito Presidente da República nas eleições de domingo, com 60,70% dos votos, segundo os resultados provisórios apurados em todas as 3.092 freguesias e quando faltava apurar três consulados.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.129.368 mortos resultantes de mais de 99,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 10.721 pessoas dos 643.113 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.