Segundo a estimativa do Instituto Robert Koch (RKI), o número de pessoas curadas da doença alcança até hoje cerca de 197.400.

O número de novas infeções baixou para menos de metade do recorde registado na semana passada, quando ultrapassou as mil, número que já não era alcançado desde maio.

O pico de novos casos foi atingido no início de abril com mais de seis mil.

Depois de na semana passada terem sido retomadas as aulas no Estado de Meclemburgo-Pomerânia Ocidental, hoje voltaram à escola os alunos de Schleswig-Holstein (noroeste), Brandeburgo (este) e da cidade-Estado de Berlim, com medidas sanitárias adaptadas a cada estabelecimento, mas seguindo as indicações de cada Estado federado.

Na Renania do Norte-Westfalia, o Estado mais populoso da Alemanha, as aulas começam na quarta-feira.

No Estado de Meclemburgo-Pomerânia Ocidental, dois centros educativos foram obrigados a encerrar na sexta-feira, apenas cinco dias após o início das aulas, devido ao aparecimento de dois casos de infeção pelo novo coronavírus.

Entretanto, a Alemanha debate o uso obrigatório de máscara nas escolas, com alguns Estados a impor essa medida, como Meclemburgo-Pomerânia Ocidental e Hamburgo, enquanto outros apenas o recomendam, como Schleswig-Holstein.

Numa conferência de imprensa de rotina, o porta-voz do Governo federal, Steffen Seibert, recordou que a responsabilidade das medidas nas escolas é dos estados federados, tarefa que reconheceu ser “exigente” por requerer um equilíbrio entre o direito à educação e a saúde pública.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 731 mil mortos e infetou mais de 19,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.759 pessoas das 52.825 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.