As pessoas transgénero devem informar-se junto do seu médico sobre se devem ser vacinadas contra a covid-19 e qual a vacina mais adequada. "Esta questão é de facto delicada", começou por dizer a directora-geral da Saúde, Graça Freitas, na conferência de imprensa desta terça-feira.

Segundo a directora-geral, "esta é uma das situações que está prevista nas normas, não é a única, mas é uma delas" e afirma que pessoas trans "devem aconselhar-se com o seu médico assistente, que dirá qual o melhor esquema e a melhor vacina".

“São situações concretas, acontecem para outras situações, não é exclusivo. E, portanto, fazer uma norma genérica para situações que são particulares, não nos parece que seja a atitude mais adequada do ponto de vista da segurança e, portanto, devem consultar o seu médico assistente”, reiterou Graça Freitas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.