Por outro lado, o país registou mais 48 mortes com a doença nas últimas 24 horas, metade das notificadas na quinta-feira, aumentando o total de óbitos para 29.747.

Madrid continua a ser a comunidade autónoma com o maior número de infeções verificadas desde quinta-feira, com 1.427 novos positivos, seguido do País Basco com 563, Andaluzia com 403 e Aragão com 371.

Deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 1.124 pessoas, das quais 331 em Madrid, 149 na Andaluzia e 111 na Catalunha.

Tiveram alta do hospital 919 pessoas com o novo coronavírus, estando hospitalizadas 8.658 pessoas em todo o país, dos quais 1.181 em unidades de cuidados intensivos.

Itália

As novas infeções de covid-19 aumentaram ligeiramente em Itália nas últimas 24 horas, com 1.616 novos casos registados, em comparação com os 1.597 de quinta-feira, segundo dados do Ministério da Saúde.

Também houve 10 mortes, o mesmo valor da véspera, num dia em que foram realizados quase 99.000 exames de deteção, cerca de 2.000 a mais do que na quinta-feira.

Com estes números foram registados desde o início da pandemia 284.796 contágios e 35.597 óbitos em Itália.

Os pacientes hospitalizados com sintomas também aumentaram, sendo agora 1.849 em todo o país, e os internados em Unidades de Cuidados Intensivos subiram também e são 175.

A Lombardia voltou a ser a região com mais novos casos, com 257, dos quais 78 na província de Milão, seguida de Veneto, com 173, Emilia-Romagna, com 152 e mais de 100 em Lácio, Toscana e Sicília.

Pela primeira vez em vários dias, nenhuma região ficou livre de casos, incluindo Valle D’Aosta que nos últimos dias não contabilizou infeções e somou três nas últimas 24 horas.

A Itália prepara-se para começar o novo ano letivo na próxima segunda-feira e esta semanas as autoridades detetaram 13 mil casos de covid-19 entre o corpo docente, o equivalente a 2,6% dos que realizaram os testes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.