“Hoje há cinco novos casos positivos a reportar, tratando-se de cinco viajantes, sem relação entre si, que se encontravam em estudo pelas autoridades de saúde. Das situações reportadas ontem [domingo], duas não se confirmaram”, refere o boletim epidemiológico sobre a situação no arquipélago da Madeira.

Na nota, o IASAÚDE adianta que existem mais dois casos suspeitos que aguardam resultados laboratoriais.

Aquela entidade salienta que “durante o dia de hoje, foram identificadas, no contexto das atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira, mais duas situações que se encontram em análise pelas autoridades de saúde”, estando em curso investigações epidemiológicas e análises laboratoriais estão em curso.

“Até ao dia 03 de agosto, estão contabilizadas na Região Autónoma da Madeira 1.575 notificações de casos suspeitos de covid-19, dos quais 1.459 não se confirmaram” refere o boletim.

No total, a região registou, até à data, 116 casos confirmados de covid-19, dos quais 98 são casos recuperados e 18 são casos ativos.

De acordo com este organismo, os 18 casos ativos consistem em 15 casos importados identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas na Unidade de Rastreio de COVID-19 do Aeroporto da Madeira e três casos de transmissão local.

“São 14 as pessoas que cumprem isolamento numa unidade hoteleira dedicada, três encontram-se em isolamento no respetivo domicílio e uma ficará hospitalizada na Unidade de Internamento Polivalente dedicada à Covid-19″, adianta.

À data, 15.731 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, agora com recurso à aplicação MadeiraSafeToDiscover, estando 6.908 destas pessoas em vigilância ativa.

No que respeita ao total de testes à covid-19 realizados na região, foram processadas 46.867 amostras (até ao fim do dia 02/08/2020).

No contexto da operação de rastreio de viajantes à entrada nos aeroportos da Madeira e do Porto Santo, há a reportar um total cumulativo de 19.160 colheitas para teste à covid-19 realizadas no local (até às 17:00 horas do dia de hoje).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 689 mil mortos e infetou mais de 18,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.738 pessoas das 51.569 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.