Pence declarou estar “feliz por ter recebido uma vacina segura e eficaz”.

O vice-Presidente dos Estados Unidos, responsável nos últimos meses pelo combate contra a pandemia a partir da Casa Branca, esteva acompanhado por sua mulher Karen e pelo cirurgião geral Jerome Adams, que também se vacinaram.

Pence e a mulher decidiram vacinar-se “em público” para “reforçar a confiança” dos norte-americanos após o início, na segunda-feira, da campanha de vacinação com o produto da Pfizer/BioNTech.

Os Estados Unidos preparam-se para autorizar uma segunda vacina contra a doença.

Um comité de peritos pronunciou-se na quinta-feira a favor da autorização urgente da vacina fabricada pela Moderna, e que sugere uma decisão positiva da Agência norte-americana de medicamentos (FDA).

As primeiras injeções poderão decorrer na próxima semana.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.