Alemanha

Há registo 358 vítimas mortais relacionadas com o SARS CoV-2 e 3.943 novos contágios nas últimas 24 horas, de acordo com os dados do Instituto Robert Koch (RKI).

Na terça-feira da semana passada o número de óbitos foi de 415 e contabilizaram-se 3.883 novas infeções, em 24 horas.

No conjunto da Alemanha, a incidência acumulada em sete dias situa-se nos 65,4 novos casos por 100 mil habitantes.

O pico da incidência ocorreu no passado dia 22 de dezembro com 197,6 novas infeções por cada 100 mil habitantes, numa semana.

No dia 28 de janeiro voltou a cair para um número inferior a 100, pela primeira vez em três meses mantendo a tendência até meados de fevereiro.

O fator semanal de reprodução (R) situa-se em 1,01, o que significa que cada 100 infetados contagiam em média outras 100 pessoas.

No total da Alemanha, desde o início da pandemia morreram 70.463 pessoas vítimas de covid-19 e registaram-se 2.451.011 contágios.

O RKI estima que os casos ativos ascendem atualmente aos 116.000.

Na segunda-feira, o número de pacientes com covid-19 nas unidades de cuidados intensivos era 2.869, dos quais 1.643 necessitavam de respiração assistida, de acordo com os dados da Associação Interdisciplinar Alemã de Cuidados Intensivos e Medicina de Urgência.

Nas últimas 24 horas registaram-se 379 novos internamentos de pacientes com covid-19 em unidades de cuidados intensivos sendo que 350 saíram dos cuidados: 131 pessoas morreram, segundo o RKI.

Desde o dia 26 de dezembro o número de pessoas que já receberam a primeira dose da vacina no país era 4.079.107 e 2.095.255 já foram inoculadas duas vezes.

Estados Unidos

Os Estados Unidos registaram 1.336 mortes provocadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, além de 55.546 novos casos, segundo a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

Desde o início da pandemia, o país acumulou 514.320 óbitos e 28.659.234 casos da doença.

Os Estados Unidos são o país com mais mortes devido à covid-19 e também com mais casos de infeção.

A Califórnia é agora o estado com mais mortos (52.320), seguido de Nova Iorque (47.719), Texas (43.758), Florida (30.999), Pensilvânia (23.984), Nova Jersey (23.273) e Illinois (22.759).

Em número de casos confirmados, a Califórnia é também o mais afetado, com 3.570.965 infeções desde o início da pandemia, seguindo-se o Texas (2.659.408), Florida (1.910.921), Nova Iorque (1.650.303) e Illinois (1.187.757).

O Presidente norte-americano, Joe Biden, estimou que a doença venha a causar mais de 600 mil mortos no país.

Por seu lado, o Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington, em cujos modelos de projeção a Casa Branca se baseia com frequência, previu cerca de 575 mil mortos até junho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.